Avançar

O Movimento Azov

Poupe 10%
Preço original €15,95
Preço atual €14,35
Inclui IVA à taxa legal em vigor
Isbn 9789895700509

AS ORIGENS E O DESENVOLVIMENTO DE UM DOS MOVIMENTOS NACIONALISTAS MAIS AMBICIOSOS DA HISTÓRIA

Quais as raízes do movimento Azov e que inspirações ideológicas o sustentam? Como é que ele está estruturado? Como é que conseguiu integrar-se na política e na sociedade ucraniana, apesar de ser absolutamente radical? Quais as ambições internacionais do movimento e como deve a comunidade internacional lidar com ele?

UMA INVESTIGAÇÃO NOTÁVEL QUE DETALHA COMO OS NACIONALISTAS DA UCRÂNIA SAÍRAM DA PERIFERIA PARA SE TORNAREM A FORÇA DE EXTREMA-DIREITA MAIS COESA E ORGANIZADA DO MUNDO. 

Uma revolução sangrenta iniciada em 2014 com a anexação da península da Crimeia pela Rússia pressagiava o início de uma guerra no Leste da Ucrânia. Apesar dos vários acordos de cessar-fogo nos anos seguintes, a guerra permaneceu a fervilhar, explodindo de vez em quando para tirar vidas e desembocar, finalmente, num conflito de grande dimensão. 

Tendo-se estabelecido como batalhão de voluntários no início de 2014, quando as forças armadas da Ucrânia estavam em frangalhos, o movimento Azov nasceu da fogueira da guerra. Um grupo relativamente desorganizado de homens pegou em armas, com a bênção das autoridades ucranianas, e tornou-se um batalhão e, depois, um regimento, até que, por fim, cresceu e passou a ser um movimento social mais amplo sem paralelo em qualquer outro ponto do mundo. 

A história do movimento Azov é, em muitos aspetos, a de toda a Europa pós-comunista. A maior demonstração de desprezo perante o legado soviético e russo nesta parte do mundo tem sido (re)abraçar o nacionalismo e as organizações nacionalistas antigas. Quais as consequências finais deste gigantesco barril de pólvora? Apenas o futuro poderá dizê-lo.

«Nascemos numa grande hora

Da fogueira da guerra e das chamas dos tiros

Fomos nutridos pela dor de perder a Ucrânia

É mais doce para nós morrermos em batalha

Do que vivermos em escravidão.»

Marcha dos Nacionalistas Ucranianos

SOBRE O AUTOR:

Michael Colborne é um jornalista e pesquisador canadiano que se concentra na extrema-direita na Europa Oriental. É bolsista de política e praticante do Centro para a Análise da Direita Radical (CARR), tendo feito parte da equipa do Projeto de Monitoração Bellingcat, um site de jornalismo investigativo, onde pesquisou principalmente a extrema-direita da Ucrânia. O trabalho de Colborne apareceu na Al Jazeera, no Balkan Insight, no Haaretz, na New Republic e em outras publicações.

O objetivo deste livro é investigar e compreender as origens, o contexto e o futuro do Azov, com base em vários anos de cobertura e entrevistas com membros e figuras importantes do movimento, bem como em conversas e discussões com observadores, especialistas, jornalistas e fontes próximas.

Leia um excerto deste livro AQUI.