Avançar

Os Erros da História

Poupe 10%
Preço original €22,00
Preço atual €19,80
Inclui IVA à taxa legal em vigor
Isbn 9789895700769

Como as ideias erradas sobre o passado afetam a perceção da verdade e por que razão isso nos deveria interessar 

COMO É CONSTRUÍDA A HISTÓRIA? QUEM DEFINIU QUAIS OS ACONTECIMENTOS MAIS RELEVANTES? QUEM INTERPRETOU OS FACTOS? QUEM DECIDIU O QUE ERA REALMENTE IMPORTANTE? 

E se aquilo que nos contaram for apenas uma parte, a versão dominante, resultante da lei do mais forte e contada apenas pelos vencedores? As histórias que contamos sobre o nosso passado importam. Contudo, essas histórias foram moldadas por fantasias, preconceitos e interpretações incorretas que deturparam capítulos inteiros da história real, apagaram protagonistas e forjaram civilizações. 

Os museus estão cheios de esculturas clássicas brancas, pois ao longo dos anos ignorámos as evidências de que, originalmente, foram pintadas com cores vivas. Os «homens das cavernas» não viviam em cavernas. A transição das sociedades nómadas para as sociedades agrárias não era inevitável nem aconteceu de um dia para o outro. Os povos «bárbaros» tinham, na realidade, complexos códigos de leis e costumes polidos. A Idade Média esteve longe de ser uma obscura idade das trevas. 

Explorando alguns dos maiores mitos, mistérios e equívocos sobre o passado – desde os legados de figuras como Pitágoras e Cristóvão Colombo, às escavações arqueológicas que mudaram a nossa compreensão do nascimento da civilização –, David Mountain revela como as revoluções em curso na história e na arqueologia estão, finalmente, a iluminar a verdade. 

«Os Erros da História, de David Mountain, mostra-nos como a verdade é mais complexa do que julgamos saber. Faz-nos pensar nos tempos de escola e estarrecer por termos sido enganados durante tanto tempo»
The Booklist 

 

Porquê? Porque as histórias que contamos sobre o nosso passado influenciam a forma como nos vemos hoje. 

Nem todos os povos antigos acreditavam que a Terra fosse plana e a maioria das nações, tal como as conhecemos hoje, simplesmente não existiam há 200 anos.

APENAS UMA IDEIA ERRADA NA NOSSA COMPREENSÃO DA HISTÓRIA PODE CONTAMINAR ÁREAS INTEIRAS DO PENSAMENTO. 

É impossível negar o papel da história na formação das nossas perceções da sociedade, tanto do passado como do presente. E, assim, os erros na nossa história podem ter consequências duradouras, e inesperadas, na forma como nos vemos e atribuímos sentido ao nosso mundo. 

A História da Civilização não é um assunto simples. É, muito francamente, uma tremenda confusão de tentativa e erro, experimentação e adaptação. A imagem, outrora clara, de um progresso humano irreversível e inevitável parece tornar-se cada vez mais confusa a cada nova descoberta, e somos obrigados a abrir e fechar os olhos inúmeras vezes para conseguirmos discernir qualquer narrativa unificadora nos relatos que contam. 

A História, talvez mais do que qualquer outra disciplina, é utilizada para explicar e justificar o mundo em que vivemos. Talvez por isso, este livro tem uma grande lição para nos ensinar: nunca aceitar o passado como garantido.

SOBRE O AUTOR:

DAVID MOUNTAIN 

É escritor, conferencista e editor, residente em Edimburgo. 

Depois de estudar biologia e geologia na Universidade de Bristol, tornou-se o editor científico de uma ONG ambiental, trabalhando nas savanas do centro do Quénia e nas florestas tropicais dos subúrbios de Java para enfrentar o problema das espécies invasoras. Desde então, estudou a política do nacionalismo na Universidade de Edimburgo, dedicando-se ainda mais a explorar e escrever sobre história. 

É fascinado e enfurecido, em igual medida, pela história, política e filosofia, não resistindo a apontar falhas e contradições na forma como pensamos que compreendemos o mundo.

Leia um excerto deste livro AQUI.