Avançar
Aprenda a fintar o dia mais triste do ano. - Alma dos livros

Aprenda a fintar o dia mais triste do ano.

A terceira segunda-feira de janeiro, que este ano se assinala no próximo dia 16, não tem de ser o dia mais triste do ano. Pelo menos se adotarmos estratégias que nos permitam fugir dessa ideia generalizada e deprimente da Blue Monday.

A expressão foi usada pela primeira vez em 2015 por uma agência de viagens e comprovada pelo psicólogo Cliff Arnall, da Universidade de Cardiff, no País de Gales, através de uma fórmula matemática baseada em variantes como o clima, o nível de dívida acumulada, o fracasso das resoluções de Ano Novo ou o baixo nível motivacional.

Se é verdade que janeiro pode trazer alguma ansiedade e estados de espírito mais negativos, também é verdade que este mês os dias já começam a ser mais longos e a ter mais luz. Há, por isso, que dar a volta a sentimentos mais depressivos e recusar a ideia de uma certa melancolia.

Como? Eis 3 ideias para fintar o dia mais triste do ano.

Ofereça-se um bom pequeno-almoço. Aquilo que comemos não nos afeta apenas fisicamente, mas também mentalmente; e todos sabemos o efeito terapêutico de um bom pequeno-almoço, certo?

Leia por prazer. Um bom livro e uma chávena de chocolate quente podem fazer maravilhas em qualquer altura do ano, mas especialmente nos dias mais frios. Acredite, este pequeno prazer pode fazer uma enorme diferença no seu dia.

Escolha uma banda sonora alegre e carregue no play. Quando ouvimos música há várias partes do nosso cérebro que são ativadas, provocando diversas sensações e emoções. Para dias mais leves e felizes, escolha músicas com boas energias. 

Quer acredite ou não na Blue Monday, estes gestos vão fazer com que se sinta melhor.

Anterior «Os Homens Não Choram» selecionado pelo Plano Nacional de Leitura
Próximo Num futuro muito próximo, quem estiver fora do Metaverso ficará fora do mundo.

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes da publicação

* Campos obrigatórios