Avançar
A Criada Está a Ver. Já em Pré-Venda. Clique Aqui!
A Criada Está a Ver. Já em Pré-Venda. Clique Aqui!
Sugestões de leitura da nossa equipa - Alma dos Livros

Sugestões de leitura da nossa equipa

A sugestão de leitura da Sara.

«Deixar Ir» é algo que, mais cedo ou mais tarde, faz sentido a um dado ponto das nossas vidas. A seu tempo surgirá, se tudo correr bem, o ensejo de libertação e de uma evolução na nossa condição existencial.

É difícil recomendar este livro sem a ajuda de clichés, porque tem de ser dito que é realmente um livro transformador. Da primeira à última página não somos a mesma pessoa. Vamos deixando de ser reféns da panela de pressão onde acumulamos as nossas emoções, e partimos à descoberta de novas formas de olhar para o que se passa no nosso interior, sem dramas ou julgamentos. Deixar ir apela simplesmente à não-ação e permite-nos saber acolher e dar colo às nossas emoções, sem resistência de qualquer tipo.

Podemos agora romper com o programa mental que nos foi instalado e ver-nos livres, literalmente livres, da espiral onde outrora se concentrava a nossa narrativa mental. Percebemos finalmente que somos nós quem temos a responsabilidade da nossa vida interior e sabemos também recusar o papel de vítima.

Porque me considero uma pessoa mais «racional», a minha leitura deste livro começou, por um lado, com algum ceticismo e, por outro, com alguma dificuldade de entendimento, mas a verdade é que o brilhante e inigualável David Hawkins conduz suavemente o leitor pelos meandros das suas técnicas, exemplos e casos práticos, numa linguagem perfeitamente acessível a todos. Basta segui-lo, sem medos, que com a maior das naturalidades a transformação ocorre.

Contudo, caros leitores, não vão ao engano – Deixar Ir não é uma lufada de ar fresco; é uma rajada de vento que revolve os alicerces nos quais se baseiam os nossos falsos sistemas de crenças. No final do livro, poderão respirar de alívio e sentir que sim, a libertação interior é possível. A empatia extrema para com o mundo também é possível. E a compaixão universal, não só é possível, como urge para todos aqueles que sentem o chamamento de se tornarem em seres humanos mais íntegros e completos.

Anterior 10 estratégias simples para aumentar a sua paciência
Próximo Somos todos peregrinos. Três sinais que mostram que esta leitura é para si.

Comentários

Domingas Cruz - dezembro 8, 2023

Não possso estar mais de acordo. A libertação interior, DEIXAR IR, é um trabalho de resiliência, como agora se diz. O caminho tem desvios e quase sempre pedras. Quando o desânimo chega..
Sentamo_nos um bocadinho e a forca chega quando menos se espera.

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes da publicação

* Campos obrigatórios